Processo de trabalho em reabilitação: a perspectiva do trabalhador e do usuário

Soraia Dornelles Schoeller, Luana Maria Bento, Jorge Lorenzetti, Ana Carolina Klein, Denise Pires

Resumen


A prevalência das deficiências físicas constitui-se grave problema de saúde nas sociedades contemporâneas, o que demanda um processo longo de cuidados com ênfase na reabilitação. Este é um estudo de caso com abordagem qualitativa realizado em um centro de reabilitação de referência estadual, o qual envolveu 10 usuários e 22 trabalhadores com o objetivo de analisar o processo de trabalho em reabilitação. Foram coletados dados por meio de entrevistas com usuários e trabalhadores, observação sistemática e análise documental de prontuários. Emergiram quatro categorias temáticas: usuários com lesão medular atendidos no centro de reabilitação; equipe profissional que atua junto às pessoas com lesão medular; aspectos do processo de trabalho que favorecem a reabilitação; aspectos do processo de trabalho que a dificultam. Neste, destacaram-se déficits nos instrumentos de trabalho; nos aspectos que facilitam a reabilitação, destacou-se o trabalho em equipe humanizado. Conclui-se que o trabalho multiprofissional facilita o processo de reabilitação, o que
traz benefícios aos usuários, e que o trabalho de enfermagem é parte essencial desse processo.

 

DOI: 10.5294/aqui.2015.15.3.8


Palabras clave


Gestão em saúde; humanização da assistência; reabilitação; cuidados de enfermagem; medula espinhal

Texto completo:

PDF HTML

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.


Copyright (c)



Indexada en: Scopus (Q3)SciELO Citation IndexRedalycPublindex (C), Lilacs, EBSCO-Fuente Académica, DOAJDialnetCuidenLatindex (catálogo)PERIÓDICA, Ulrich's, Google AcadémicoProQuest - Social Science Journals

Correo electrónico: aquichan@unisabana.edu.co
Canje: canje.biblioteca@unisabana.edu.co