Gerenciamento de enfermagem: situações que facilitam ou dificultam o cuidado na unidade coronariana

Autores/as

  • Daniele Fernandes de Aguiar Escola de Enfermagem Anna Nery da Universidade Federal do Rio de Janeiro
  • Marluci Andrade Conceição-Stipp Escola de Enfermagem Anna Nery. Universidade Federal do Rio de Janeiro
  • Joséte Luzia Leite Escola de Enfermagem Anna Nery. Universidade Federal do Rio de Janeiro
  • Valéria Zadra de Mattos Hospital Procardíaco
  • Karla Biancha Silva de Andrade Hospital Procardíaco, Rio de Janeiro

Palabras clave:

Enfermagem, gerência, unidades de cuidados coronarianos. (Fonte, DeCs, BIREME).

Resumen

DOI: 10.5294/aqui.2010.10.2.2

A assistência de enfermagem na Unidade Coranariana requer uma equipe de saúde especializada, equipamentos de alta tecnologia e uma liderança atenta as facilidades e dificuldades do cotidiano do cuidado de enfermagem. Objetivo: discutir os aspectos que facilitam ou dificultam o gerenciamento de enfermagem na unidade coronariana. Métodos: realizou-se pesquisa bibliográfica na base de dados Scielo e coleta de dados, utilizando um roteiro de entrevista semi-estruturada com 6 enfermeiras líderes do setor de unidade coronariana do Hospital Universitário da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Resultados: quanto aos aspectos facilitadores do gerenciamento de enfermagem, os estudos selecionados e as enfermeiras apontaram fatores objetivos e subjetivos, respectivamente, como a utilização de instrumentos de distribuição da equipe e boa comunicação e relacionamento interpessoal. Sobre os aspectos dificultadores, concordaram quanto à mecanização da enfermeira, à complexidade de uma unidade de cuidados críticos e à escassez de recursos materiais. Conclusões: diante disso, cabe à gerência de enfermagem identificar estes fatores, a fim de possibilitar melhor desempenho dos profissionais e, conseqüentemente, uma assistência mais eficaz e segura ao paciente e sua família. DOI: 10.5294/aqui.2010.10.2.2

Descargas

Los datos de descargas todavía no están disponibles.

Biografía del autor/a

Daniele Fernandes de Aguiar, Escola de Enfermagem Anna Nery da Universidade Federal do Rio de Janeiro

Mestranda da Escola de Enfermagem Anna Nery da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil. danifaguiarufrj@yahoo.com.br

Marluci Andrade Conceição-Stipp, Escola de Enfermagem Anna Nery. Universidade Federal do Rio de Janeiro

Doutora em Enfermagem. Docente da Escola de Enfermagem Anna Nery. Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil. marlustipp@gmail.com

Joséte Luzia Leite, Escola de Enfermagem Anna Nery. Universidade Federal do Rio de Janeiro

Doutora em Enfermagem. Docente da Escola de Enfermagem Anna Nery. Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil. joluzia@gmail.com

Valéria Zadra de Mattos, Hospital Procardíaco

Doutora em Enfermagem. Enfermeira chefe da Educação Continuada. Hospital Procardíaco, Rio de Janeiro, Brasil. valzadra@uol.com.br

Karla Biancha Silva de Andrade, Hospital Procardíaco, Rio de Janeiro

Doutoranda em Enfermagem. Enfermeira chefe do Setor de Emergência do Hospital Procardíaco, Rio de Janeiro, Brasil. k.biancha@ig.com.br

Descargas

Cómo citar

Fernandes de Aguiar, D., Conceição-Stipp, M. A., Leite, J. L., Zadra de Mattos, V., & Silva de Andrade, K. B. (2010). Gerenciamento de enfermagem: situações que facilitam ou dificultam o cuidado na unidade coronariana. Aquichan, 10(2). Recuperado a partir de https://aquichan.unisabana.edu.co/index.php/aquichan/article/view/1679

Número

Sección

Artículos